Perguntas Frequentes sobre EB-5

Estas Perguntas Frequentes são apenas para finalidades informativas e não se destinam a substituir aconselhamento profissional jurídico e/ou financeiro. Consulte um advogado de imigração e/ou um especialista financeiro qualificado antes de escolher qualquer investimento EB-5.

Importante: Todos os documentos incluídos em quaisquer documentos de oferta devem ser traduzidos para inglês. O investidor deve assinar a versão inglesa de todos os contratos, formulários governamentais e requerimentos. Além disso, caso tenha pretensões reais de investir, consulte um advogado de imigração licenciado.

  1. Como é estruturado o investimento EB-5?

Uma Sociedade Limitada é constituída como a base para o requisito de novo empreendimento comercial. A Sociedade Limitada é administrada pelo Sócio Geral da Sociedade Limitada, que incluirá o CMB Export, LLC, ou outra entidade de centro regional operada pelos Centros Regionais CMB. O Sócio Geral é responsável por iniciar e administrar os investimentos EB-5 da Sociedade. O Sócio Geral também é responsável pelas operações comerciais do dia-a-dia da Sociedade e por trabalhar para garantir que o centro regional esteja em conformidade com todas as leis e regulamentações relacionadas ao Programa EB-5. Os Sócios de Responsabilidade Limitada são os Investidores Estrangeiros EB-5. O Sócio Geral participa do lucro das atividades comerciais da Sociedade, conforme descrito no Contrato da Sociedade Limitada.

  1. O que é Sociedade Limitada?

Uma sociedade limitada é formada ao protocolar um estatuto social junto a um governo estatal e consiste de um sócio geral e um ou mais sócios de responsabilidade limitada. O estatuto social detalha os direitos e poderes dos sócios de responsabilidade limitada e geral, porcentagens de propriedade, distribuições de lucros e compensação. O sócio geral administra o negócio. Os sócios de responsabilidade limitada têm deveres limitados perante a sociedade e só podem ser responsabilizados pelo valor do seu investimento.

Uma sociedade limitada combina responsabilidade limitada corporativa com taxação da sociedade. O estatuto social e o Contrato de Sociedade Limitada detalham os direitos e poderes dos sócios de responsabilidade limitada e geral, porcentagens de propriedade e distribuições de lucros devidos ao sócio geral. Em uma sociedade limitada, a receita é taxada dos sócios, não da entidade.

  1. Quais são os meus riscos?

Como em qualquer investimento, existe um risco de perda total. No entanto, o CMB trabalha incansavelmente em sua missão de estruturar seus investimentos EB-5 de uma maneira que minimize o risco para o cliente, mas também cumpre o requisito da lei EB-5 de que o investimento seja “de risco” e alcança o objetivo compartilhado da obtenção de um visto EB-5. O CMB exige que as suas mutuárias identifiquem as fontes de receita para reembolsar o empréstimo. O CMB também exige medidas de proteção em caso de inadimplência de um empréstimo, como uma taxa de juros mais alta e outras obrigações da mutuária. Em alguns casos obtemos garantias reais ou garantias corporativas no caso de inadimplência, elaboramos Contratos Entre Credores e outras obrigações da mutuária para garantir o reembolso dos nossos investimentos EB-5. Na maioria dos casos, as mutuárias devem fornecer a cada Sociedade do CMB relatórios financeiros recentemente auditados e outras referências, como avaliações de risco da Standard & Poor’s ou da Moody’s. Por exemplo, a IVDA anunciou avaliações A – AAA da Standard & Poors. Fora isso, restam apenas questões muito além do controle dos Centros Regionais, como casos fortuitos, guerra, dificuldades financeiras dos governos estadual e local e flutuações do mercado em receita ou valores imobiliários. Todos os investidores recebem a oportunidade de visitar os locais do projeto EB-5, conhecer a administração, receber os documentos necessários para permitir uma análise do investimento EB-5, e recebem referências para permitir uma verificação independente das informações contidas nos documentos do investimento EB-5. Insistimos que todos os investidores nos visitem, verifiquem as nossas referências e as das nossas mutuárias e obtenham uma verificação independente das informações contidas no PPM (Private Placement Memorandum — Memorando de Colocação Privada).

  1. Devo investir a totalidade dos US$500.000 antes que eu possa requerer o meu Green Card (visto de Residência Permanente)?

Sim, ainda que a lei diga “no processo de investir”. No setor de EB-5, o CMB já observou indeferimentos nesses casos e, portanto, exigimos que a totalidade do valor seja depositado, em consonância com os documentos de investimento.

  1. Até que ponto o meu investimento EB-5 é seguro?

O CMB reconhece que nenhum investimento de risco pode ser descrito como seguro; no entanto, o CMB acredita ter feito de tudo para estruturar os nossos empréstimos para investimento do modo mais seguro possível, levando em consideração a exigência de que os investimentos EB-5 sejam efetivamente “de risco”. É por isso que o CMB estrutura empréstimos para agências governamentais em que há uma garantia de verbas públicas como parte do portfólio de investimento. O CMB também investe com sociedades público/privadas ou empreendimentos privados que demonstraram a capacidade de reembolsar os nossos empréstimos e pagar o serviço da dívida. Também exigimos muitos tipos de garantias, como garantias corporativas, penhores de participação societária, garantia real, Contratos Entre Credores e garantias de conclusão, entre outras coisas, para garantir os nossos empréstimos.

  1. Por que um intermediário seria usado para este programa EB-5?

O CMB usa fontes de referência, comumente chamados de intermediários, que auxiliam de tempos em tempos na localização de possíveis investidores EB-5.

  1. Se eu quiser visitar os locais do projeto de investimento EB-5 do CMB, isso seria possível?

Sim, o CMB pode organizar visitas dependendo do caso contanto que haja tempo suficiente de antecedência para agendar uma visita.

  1. O Green Card EB-5 é “garantido” para participantes neste programa de investimento EB-5?

Não existe “garantia” de um Green Card. Ninguém pode nunca garantir o resultado de qualquer requerimento ou petição de visto; cabe exclusivamente ao USCIS (United States Citizenship and Immigration Services – Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos) avaliar cada caso. O essencial é apresentar uma petição bem preparada por advogados competentes e experientes em processos de vistos EB-5 para criar a melhor oportunidade de sucesso. O histórico do CMB até o presente é de 100% de aprovações em projetos, 100% de remoção de condições finais de todas petições I-829. O CMB recentemente concluiu o ciclo completo dos seus três primeiros projetos EB-5 desde o investimento de capital inicial, aprovação da petição I-526, aprovação da petição I-829 e recuperação do capital original do investidor e liquidação da Sociedade.

  1. Se a petição I-526 para o meu Green Card for indeferida, consigo receber os meus US$500.000 de volta?

No improvável caso de indeferimento de uma petição I-526, você será reembolsado pela totalidade do valor da sua subscrição e quaisquer juros atribuídos para a sua conta de capital que acumularão enquanto os fundos estiverem no investimento. Esta recuperação de capital aconteceria conforme as disposições estipuladas pelos documentos societários. Se a sua petição I-526 for deferida e o seu processo for indeferido no momento da entrevista com o agente consular, o CMB tentará encontrar um investidor para substituí-lo. Na maioria das circunstâncias, encontrar um investidor substituto é relativamente fácil, já que a aprovação da petição I-526 é um forte indicador de que o USCIS concorda que a estrutura do projeto preenche as suas exigências.

  1. A taxa de afiliação inclui assessoria jurídica para me representar com o meu requerimento ao USCIS?

Não, o CMB acredita que é importante para você ter um advogado independente representando os seus interesses. Um motivo dos fracassos iniciais do Programa EB-5 na década de 1990 era o conflito de interesses quando advogados representavam tanto os investidores EB-5 quanto os Centros Regionais. Podemos recomendar um advogado de imigração EB-5 experiente que possa lidar com competência com requerimentos EB-5, mas no fim das contas é você quem escolherá o advogado que irá representá-lo.

  1. Qual é a extensão do processo de requerimento/papelada? Vou receber ajuda?

A papelada é muito extensa do lado comercial da transação EB-5, mas isso é responsabilidade do CMB. Os investidores EB-5 devem fornecer documentação sobre a origem dos fundos e outras informações pessoais para os seus advogados de imigração. Você receberá um cronograma detalhado dos requisitos e uma lista de documentos do seu advogado de imigração. Você e o seu advogado também receberão os documentos comerciais essenciais necessários para protocolar as petições I-526 e I-829 do CMB e a equipe do CMB irá cooperar com o seu advogado durante todo o processo de requerimento.

  1. Existe a necessidade de contratar um advogado de imigração?

Sim, o CMB acredita que é importante para você ter um advogado independente representando os seus interesses. O processo de requerimento EB-5 é complicado e muitas exigências técnicas devem ser observadas. É no melhor interesse de todas as partes se cada parte tiver o seu próprio advogado, de modo que não haverá conflitos de interesses. Os documentos societários exigem que cada investidor do CMB seja representado por um advogado de imigração de sua escolha.

  1. Quais são as taxas para apresentar uma petição EB-5?

Existem quatro áreas principais com custos/taxas associados a elas.

  1. A sua taxa de afiliação de investimento EB-5.
  2. Custos associados ao seu advogado de imigração.
  3. Taxas de apresentação do processo.
  4. Custos de qualquer outra ajuda profissional que você buscar, como consultoria fiscal, etc.

O CMB exige um preço de afiliação que é parte do valor de subscrição total. O advogado de imigração que você contratar também cobra taxas que variam. Parte da sua auditoria de qualquer centro regional deve incluir custos e o que é coberto por esses custos. Preste atenção a possíveis conflitos de interesses porque o menor custo pode não ser o investimento mais sábio.

  1. Pagamentos e questões fiscais dos Estados Unidos

Todos os cidadãos e residentes permanentes dos Estados Unidos estão sujeitos à lei fiscal dos Estados Unidos e isso se baseia em receitas em todo o mundo. Investidores estrangeiros devem considerar as implicações da lei fiscal e analisar com os seus consultores financeiros as questões relacionadas a se tornar um residente permanente dos Estados Unidos antes de fazer qualquer investimento EB-5.

  1. Planejamento fiscal pré-imigração

Antes de se tornar um residente dos Estados Unidos você pode querer considerar formas de reduzir ou eliminar algumas das consequências de impostos sobre heranças, impostos de doação e imposto de renda dos Estados Unidos que seriam aplicáveis assim que você se tornar um contribuinte dos Estados Unidos. Esses objetivos podem ser alcançados utilizando algumas técnicas comuns de planejamento patrimonial, como:

  1. Quem deve investir?

Apenas indivíduos que desejam estabelecer residência permanente nos Estados Unidos para si próprios e seus membros familiares qualificados. Entre os investidores EB-5 há pessoas de todas as esferas da vida: profissionais, empreendedores, pessoas que querem facilitar a educação dos seus filhos e aposentados. Como o visto EB-5 permite que a pessoa tenha um emprego nos Estados Unidos, muitos investidores EB-5 se envolvem com caridade ou trabalhos em meio período. Em resumo, o visto EB-5 dá a você a flexibilidade para fazer o que quiser dentro e fora dos Estados Unidos. Se você não quer administrar o dia-a-dia de uma empresa para obter um visto para os Estados Unidos, você deveria considerar um programa EB-5 através de um centro regional autorizado.

  1. Como os interesses do meu Sócio de Responsabilidade Limitada estão protegidos?

Toda Sociedade Limitada é constituída em vários estados dos Estados Unidos. Cada estado tem regras que a Sociedade Limitada deve seguir. O Certificado de Sociedade Limitada deve ser registrado no estado em que a Sociedade Limitada é constituída perante a administração pública. O Certificado se refere a um Cronograma A do Contrato de Sociedade Limitada, que lista os nomes e porcentagem de participação dos sócios de responsabilidade limitada. Os investidores são protegidos pelas Leis de Sociedade Limitada de vários estados e pelo Código Comercial Uniforme, além de outras leis federais e tribunais estaduais. Como na maioria dos investimentos, existe um risco de perda total e parte das regulamentações EB-5 exigem que o investimento seja inteiramente de risco. No entanto, o CMB trabalha duro na sua missão de estruturar seus investimentos EB-5 de uma maneira que minimize o risco para o cliente, mas também cumpre o requisito da lei EB-5 de que o investimento seja “de risco” e alcança o objetivo compartilhado da obtenção de um visto EB-5. O CMB exige que as suas mutuárias identifiquem as fontes de receita para reembolsar o empréstimo. O CMB também pode exigir medidas de proteção em caso de inadimplência de empréstimos, como uma taxa de juros mais alta. Em alguns casos obtemos garantias reais ou garantias corporativas no caso de inadimplência, elaboramos Contratos Entre Credores e outras obrigações com a mutuária para garantir o reembolso de cada empréstimo para investimento. As mutuárias devem fornecer às Sociedade do CMB relatórios financeiros recentes e outras referências, como avaliações de risco da Standard & Poor’s ou da Moody’s. Por exemplo, a IVDA anunciou avaliações A – AAA da Standard & Poors. Fora isso, restam apenas questões muito além do controle dos Centros Regionais, como casos fortuitos, guerra e flutuações do mercado em receita ou valores imobiliários. Todos os investidores recebem a oportunidade de visitar os locais do projeto, conhecer a administração, receber os documentos necessários para permitir uma análise do investimento, e recebem referências para permitir uma verificação independente das informações contidas nos documentos do investimento. Além disso, o CMB empreende os seus melhores esforços para disponibilizar atualizações trimestrais no seu website sobre as atividades do projeto.

  1. O meu investimento está garantido?

Não. A lei exige um investimento “de risco” sem garantias e direitos de redenção. O CMB faz todo o possível para minimizar ou mitigar os riscos, mas exige-se que o investimento esteja “em risco”. Potenciais investidores EB-5 devem ser extremamente cuidadosos com qualquer centro regional ou seus representantes que indiquem que o investidor individual está garantido, uma vez que isso é proibido e pode ocasionar o indeferimento do requerimento do requerente. Em outras palavras, se um centro regional oferece uma “garantia”, ele está infringindo as regras do programa. Seria preciso perguntar o que mais estão dizendo apenas para obter o seu investimento. Insistimos que você faça a sua própria auditoria, não apenas do centro regional, mas também do projeto específico que o centro regional está patrocinando.

  1. Quais são as taxas do CMB quando um investidor se torna um Sócio de Responsabilidade Limitada?

O CMB, na condição de Sócio Geral, recebe uma porcentagem dos juros provenientes dos juros totais calculados de uma de duas formas. Os juros são pagos trimestralmente ao Sócio Geral. O valor dos juros pagos ao Sócio Geral pode variar pois ele corresponde ao maior valor dos juros recebidos pela Sociedade consoante o empréstimo da Sociedade para o investimento alvo ou os juros calculados com base na taxa de juros cobrada do investimento alvo aplicada ao investimento original do investidor, o que for maior em qualquer caso. Deve-se observar que todas as despesas rotineiras do dia-a-dia são incluídas nos juros que são pagos para o Sócio Geral. O Sócio Geral também tem direito a 20% dos lucros, caso existam, obtidos pela Sociedade, enquanto 80% desses lucros e/ou ganhos são distribuídos para os Sócios de Responsabilidade Limitada em uma base pro-rata depois que os juros trimestrais sejam pagos ao Sócio Geral. Deve-se observar que o rendimento sobre o investimento não é a principal prioridade de uma Sociedade do CMB. Acreditamos que estruturamos os investimentos de tal modo que exista uma alta probabilidade de sucesso do visto EB-5 do investidor. A nossa definição de sucesso para os nossos investidores é a obtenção de três coisas: status de residência permanente, recuperação do capital original e um pequeno rendimento sobre o investimento. As duas primeiras são a nossa prioridade. O fundamental é que cada investidor receba um rendimento muito diminuto sobre o investimento, na melhor das hipóteses de aproximadamente 0,008% por ano. Se a Sociedade for encerrada antecipadamente, ainda assim o investidor receberá o pagamento de juros como se o empréstimo alvo continuasse por toda a sua duração de seis anos. Isso é uma decisão dos Sócios Gerais, já que eles podem decidir permanecer na Sociedade em vez de encerrá-la depois que todos os investimentos estiverem concluídos.

  1. O que significa “capital” de investimento qualificado?

As regulamentações definem capital como dinheiro, equipamento, inventário, outras propriedades tangíveis, equivalentes a dinheiro e dívidas garantidas por ativos de propriedade do empreendedor estrangeiro. Uma dívida para financiar o investimento irá se qualificar como capital apenas quando o empresário estrangeiro for responsável primariamente e de modo principal pela dívida, quando a estrutura da dívida for comercialmente aceitável e quando o investimento EB-5 não puder ser penhorado de qualquer forma para garantir a dívida. Um investidor também pode adquirir o valor necessário de capital através de um presente.

  1. Quando o investidor pode sair do investimento?

A duração esperada de cada Sociedade Limitada do CMB depende dos fundos investidos. Tipicamente os nossos empréstimos para investimento EB-5 são de 6 (seis) anos. No entanto, dependendo das operações da Sociedade, a duração pode ser maior ou menor. O Contrato da Sociedade em si tem prazo de 10 (dez) anos com opções para rescisão antecipada quando todos os investimentos estiverem concluídos. Os investimentos do CMB se baseiam em empréstimos, e não em capital próprio. Com isso queremos dizer que não há nada que precisa ser vendido pelos Sócios de Responsabilidade Limitada para sair da Sociedade. Acreditamos que esta estrutura fornece uma maior proteção ao determinar o ponto em que os Sócios de Responsabilidade Limitada devem poder sair do investimento. Lembre-se que em um investimento baseado em capital próprio todos os investidores EB-5 sairão do investimento no mesmo momento ou aproximadamente no mesmo momento. Este êxodo em massa pode afetar seriamente não apenas a capacidade de vender a participação de capital, seja a propriedade de um hotel, resort, fazenda, edifício comercial, etc., mas também o valor das participações de capital porque todos os Sócios de Responsabilidade Limitada estariam vendendo uma participação de propriedade idêntica aproximadamente no mesmo momento. Um investimento com base em empréstimo evita esses riscos porque não há nada a vender para sair da Sociedade. Assim que todos os investimentos baseados em empréstimo EB-5 forem reembolsados e os investidores votarem por liquidar a Sociedade, as respectivas contas de capital e ganhos retidos compartilhados e ganhos de capital serão distribuídos para cada Sócio de Responsabilidade Limitada e a Sociedade será encerrada.

  1. Formas em que um investidor estrangeiro pode preencher os requisitos para EB-5?

A.Criar um novo empreendimento comercial

I. A lei exige que o investidor-requerente invista em um novo empreendimento comercial. O empreendimento deve ser “novo”, isto é, estabelecido depois de 29 de novembro de 1990, data em que a lei foi promulgada.

II. No entanto, a contribuição de capital de um investidor para um negócio existente que foi constituído antes de 29 de novembro de 1990 pode ser aceitável em três situações.

B.Reorganização/Reestruturação

Isso geralmente exige uma considerável reorganização ou reestruturação do negócio existente. No entanto, o USCIS declarou que a mera mudança de proprietário, alterações apenas de aparência na decoração do local do negócio e implantação de uma nova estratégia publicitária são mudanças insuficientes para constituir o estabelecimento de um novo empreendimento comercial. Por outro lado, uma completa transformação da natureza do negócio provavelmente pode ser considerada suficiente.

C.Expansão de 40%

Um investidor pode investir e expandir um negócio existente, resultando em um aumento de pelo menos 40% no valor líquido do negócio ou no seu número de empregados. O USCIS pode exigir evidências na forma de declarações de imposto de renda, demonstrativos financeiros auditados e declaração de renda dos empregados. Qualquer um dos investimentos descritos acima deve ser em um empreendimento “comercial”. Qualquer entidade com fins lucrativos constituída para conduzir negócios legais de modo contínuo pode servir como um empreendimento comercial. Isso inclui propriedade, sociedades (limitadas ou gerais), companhias controladoras, empreendimentos conjuntos, corporações, consórcios empresariais ou outras entidades de propriedade pública ou privada. Esta definição inclui uma companhia controladora e suas subsidiárias integrais, se cada subsidiária estiver engajada em uma atividade com fins lucrativos constituída para a condução de negócios legais de modo contínuo. No entanto, o termo “novo empreendimento comercial” não inclui atividades não comerciais, como a propriedade de uma residência pessoal.

D.Investir em um negócio em dificuldades

O investidor pode investir em um negócio em dificuldades, isto é, um negócio existente, que deverá ter perdido 20% do seu valor líquido nos últimos 12 ou 24 meses de operação.

Negócios em dificuldades/Salvando empregos

Regulamentações especiais controlam os investimentos em um negócio “em dificuldades”. Um negócio em dificuldades é um negócio que teve existência por pelo menos dois anos, sofreu uma perda de capital líquido de pelo menos 20% para fins contábeis durante o período precedente de 12 ou 24 meses antes de a petição ser protocolada, e a perda para tal período deve ser de pelo menos a 20% do valor líquido do negócio antes da perda. Se a petição for baseada em um investimento em um negócio em dificuldades, não haverá a exigência de que o investidor crie dez novos empregos. Em vez disso, a petição pode ser baseada na prova de que o negócio salvará empregos para americanos e, portanto, a prova exigida será de que o investimento alvo manterá ou aumentará o número de empregados existentes durante o período de status condicionado.

Foi discutido acima o que será aprovado como um novo empreendimento comercial. No entanto, todas outras exigências, tal como determinação de TEA (Área Destinada à Geração de Emprego), dez novos empregos criados e todos os outros requisitos nos termos do programa EB-5 devem ser preenchidos.

  1. Quais são as obrigações do investidor para participar no investimento?

Conforme as regulamentações, o investidor deve ser “ativo” na gestão do investimento EB-5. O investidor deve estar se engajar na administração do empreendimento comercial, seja no dia-a-dia do controle administrativo do empreendimento comercial ou seja através da formulação de políticas. No entanto, as regulamentações permitem especificamente que um investidor se qualifique como “ativo” na condição de “Sócio de Responsabilidade Limitada” conforme definido na Lei Uniforme de Sociedades Limitadas Revisada. O Sócio de Responsabilidade Limitada deverá votar em certas opções, como liquidação da sociedade. O Programa de Visto para Investimento do CMB preenche todos os requisitos regulamentares ao registrar o investidor no investimento como um Sócio de Responsabilidade Limitada. Esta função permite que o investidor se engaje no seu negócio com participação limitada nas atividades da Sociedade Limitada EB-5. Além disso, esta estrutura permite que o investidor more onde quiser e dá a ele a opção de entrar e sair dos Estados Unidos sem qualquer obrigação de administrar ativamente o investimento EB-5. Mais importante, o Sócio de Responsabilidade Limitada, como o acionista pessoa jurídica, só tem responsabilidade pelo empreendimento até a extensão do investimento acordado. A estrutura do negócio protege o investidor, permite a participação limitada e é aceita pelo USCIS.

  1. O que significa “ativos líquidos”?

Os ativos líquidos, ou patrimônio líquido, de um investidor podem ser determinados através de um cálculo simples: o valor combinado de todas as coisas de sua propriedade menos o valor combinado de todos os seus passivos (dívidas). Os ativos podem ser qualquer fonte legal e em qualquer lugar do mundo:

(Obviamente, fundos provenientes de fontes como contrabando, venda ilegal de drogas ou qualquer atividade ilegal não são permitidos).

Será exigida uma verificação dos ativos e das fontes desses ativos. Não será necessário documentar ou revelar todos os ativos, mas apenas o suficiente para atender às exigências do USCIS e do Programa.

  1. Ao colocar o meu dinheiro em uma Sociedade de investimento EB-5 do CMB, o que recebo pelo meu investimento?

Cada investidor que é admitido em uma Sociedade Limitada do CMB recebe um certificado da Sociedade Limitada. Eles se tornam um Sócio de Responsabilidade Limitada com todos os direitos concedidos pelo Contrato da Sociedade Limitada e são protegidos pelas várias leis estaduais e federais. O investidor é proprietário de uma porcentagem da Sociedade e uma conta de capital é estabelecida para cada investidor. O investidor tem direito a uma porcentagem dos lucros da Sociedade Limitada, conforme discutido no Contrato da Sociedade Limitada. Além disso, cada Sócio de Responsabilidade Limitada recebe acesso à área de segurança do site do CMB, onde pode monitorar as atividades da Sociedade e a sua própria conta de capital individual. Cada investidor recebe também o trabalho árduo, a experiência e a dedicação de toda a equipe do CMB. Lembre-se que estamos apenas a um telefonema ou a um email de distância de quaisquer perguntas que você possa ter.

  1. O CMB me ajudará a preencher a minha petição de imigração?

Os Centros Regionais CMB não protocolam nenhuma petição de imigração. No entanto, o CMB trabalhará lado a lado com o seu advogado de imigração. O CMB exige que todos investidores contratem o seu próprio advogado independente para protocolar a papelada de imigração e completar os requerimentos por um visto de investidor EB-5. O CMB é o lado comercial deste complexo processo. O CMB fornecerá documentos para apoiar as petições I-526 e I-829 para o advogado de escolha do investidor. O CMB auxiliará o seu advogado fornecendo informações sobre o investimento EB-5 e sobre o centro regional. O CMB fornecerá documentação de suporte para todo o lado comercial do processo EB-5 e auxiliará o advogado do investidor.

  1. Como o CMB se compara com os outros Centros Regionais?

O CMB tem três objetivos claramente estabelecidos que são estabelecidos em torno das necessidades do investidor EB-5. A maioria dos investimentos de capital tendem a envolver um projeto no qual o Sócio Geral possui participação acionária. Nesses casos, o potencial investidor deve reconhecer que um conflito de interesses muito grave pode estar ocorrendo. Cada potencial investidor EB-5 deve observar de perto a parte de capital do investimento, os custos internos ou taxas, a estratégia de saída e como o investimento é estruturado para preencher as necessidades do investidor de recuperação do capital original, rendimento sobre o investimento e imigração. No CMB, os nossos três principais objetivos são:

  1. Estruturar o nosso projeto EB-5 de modo que exista uma alta probabilidade de o investidor se qualificar para um visto permanente conforme o programa de investimento EB-5.
  2. Estruturamos o projeto para garantir a recuperação do capital original do investimento para o investidor.
  3. Garantir algum rendimento sobre o investimento, ainda que seja um rendimento pequeno.

Cada um dos objetivos acima é discutido no nosso site e em outras perguntas frequentes. É essencial que o investidor EB-5 compreenda como os objetivos do Sócio Geral são, ou não são, alinhados com os objetivos do investidor. O CMB acredita que a nossa abordagem de investimento baseado em empréstimo é alinhada com os objetivos do investidor EB-5. Acreditamos que o objetivo principal de cada “investidor” EB-5 é o visto permanente e, portanto, a criação de empregos é a questão central da nossa atenção. Afinal, sem criação de empregos nenhum visto é obtido. Além disso, todo investimento do CMB conta com os seguintes pontos fortes.

A maior parte da nossa concorrência depende de um projeto de investimento particular, seja a reabilitação de depósitos, cultivo de amendoeiras e vinícolas, operação de fazendas de laticínios, empréstimos para uma empresa em particular, etc. Potenciais investidores devem perguntar: e se o negócio fracassar? Quais são as metodologias para comprovar que os novos empregos serão criados? Empregos que são criados em empresas já existentes são considerados novos? Os trabalhadores que colhem uvas ou outros produtos agrícolas conseguirão preencher os estritos requisitos para comprovação de criação de empregos? A empresa realmente vai contratar os empregados diretos alegados? A empresa terá os documentos necessários para cada emprego direto reivindicado?

O CMB investe em inúmeros projetos com um foco principal em benfeitorias de construção ou infraestrutura. Essas benfeitorias de construção/infraestruturas sempre foram comprovadamente capazes de produzir empregos no passado usando metodologias econômicas como RIMS II, REDYN e IMPLAN. Em resumo, o CMB possui métodos simples e comprovados para provar a criação de empregos. Utilizando um modelo de gastos e sabendo quais são os orçamentos, somos capazes de calcular despesas qualificadas. Com essas informações, não há contagem de empregos no estágio da petição I-829. Precisamos apenas provar que o dinheiro foi gasto, pois usando os modelos econômicos acima os empregos são criados quando o dinheiro é gasto. As Sociedades Limitadas do CMB financiam benfeitorias de infraestrutura em diversos projetos individuais. Além disso, os fundos do CMB tendem a ser mais de 25% a 45% do investimento total. Isso significa que cada investidor tem pelo menos dois a três dólares externos que trabalham para criar novos empregos para cada dólar que eles investem. Os investidores do CMB ganham “paz de espírito” dessa forma porque essa abordagem já foi comprovada 1.600 vezes em investimentos anteriores dos Centros Regionais CMB. Não existem preocupações em um projeto do CMB sobre quando os empregos serão criados, considerando que a criação de empregos foi formulada na petição I-526, incluindo uma descrição de quando ela ocorrerá. Os investimentos do CMB se basearam exclusivamente em criação de empregos indireta e os investimentos do CMB mostram exatamente como e quando os empregos serão criados como parte da petição I-526 de cada investidor. Investimentos que se baseiam em empregos diretos sujeitam cada investidor a ficar na dúvida sobre quando e se esses empregos diretos serão mesmo criados. Além disso, existe uma documentação essencial necessária para que cada emprego direto seja reivindicado. Alguns dos mais renomados advogados de imigração EB-5 descreveram empregos diretos como uma abordagem “bagunçada” e que deve ser evitada.

  1. Quais são os riscos associados com o investimento comercial relacionados à remoção de condições do visto condicionado (Petição I-829).

Os riscos associados com o investimento comercial e a remoção de condições depende do investimento individual escolhido por um potencial investidor. Cada centro regional é diferente e cada um estrutura os seus investimentos de modo diferente. O investidor potencial precisa ver até que ponto o investimento que está considerando preenche os requisitos de criação de empregos muito antes de tomar a sua decisão de investir em qualquer centro regional. Se um investidor entra para um centro regional e espera até que a petição I-829 seja protocolada, será tarde demais.

A I-829 é primariamente uma medida antifraude. O USCIS tem duas preocupações principais ao considerar se aprova a petição I-829 de um investidor. (1. Foram criados dez novos empregos para americanos por investidor no projeto? 2. O investidor ainda está ativo no investimento e o investidor investiu o valor exigido de capital e manteve esse valor por todo o período de residência condicionada?) O (LINK) a seguir conecta diretamente ao USCIS, onde é discutida a aprovação da petição I-829 pelo diretor distrital. Você verá que os itens de A a C se relacionam à questão de a totalidade do capital estar investida e que o investimento seja mantido durante todo o período de residência condicionada, enquanto o item D aborda a criação de empregos. Em resumo, o investidor pode ser capaz de demonstrar que o valor total da sua contribuição de capital estava em risco e que os dez novos empregos exigidos foram criados. A capacidade de provar esses requerimentos irá variar de centro regional para centro regional. O CMB é capaz de demonstrar como os empregos são criados no momento em que a petição I-526 está sendo avaliada. Qualquer centro regional que usa Empregos Diretos como parte dos empregos reivindicados não será capaz de demonstrar que os empregos foram criados até que cada petição I-829 seja avaliada. Os investidores do CMB sabem que assim que as verbas são gastas, os empregos são criados. Isso elimina a incerteza que existe paralelamente à criação de empregos diretos.

Os investimentos do CMB se baseiam apenas na criação de Empregos Indiretos e o CMB exige uma quantidade suficiente de dólares externos para cada dólar que está sendo investido. Cada potencial investidor precisa considerar um “pior cenário possível” de todos investimentos que estão considerando. Todo centro regional deve ter uma resposta para essa difícil pergunta. A lista em anexo traz uma série de questões que devem ser perguntadas a todo centro regional sendo considerado e o potencial investidor deve fazer cada centro regional provar o que diz.

  1. Qual é a probabilidade de o investidor obter a recuperação básica do seu investimento original?

Os investimentos do CMB são feitos com entidades governamentais, incorporadoras de alto padrão, parcerias público/privadas ou com departamentos de desenvolvimento de empresas bem conhecidas, e com isso cada entidade identificou inúmeras fontes de renda como formas de reembolsar os nossos investimentos. Investimentos EB-5 devem ser investimentos “de risco”. Nenhum centro regional tem permissão de garantir a recuperação dos fundos do investidor. O USCIS foi bem claro sobre esta questão; os fundos devem estar em risco. Por outro lado, não há exigência de que os fundos sejam investidos de modo tolo. O CMB estrutura os investimentos de modo a cumprir as regras e diretrizes do USCIS, o que também dá ao investidor uma alta probabilidade de uma recuperação integral da sua contribuição de capital. Os investimentos do CMB são investimentos em infraestrutura baseados em empréstimo que contam com inúmeros penhores de receita e/ou garantias reais. Em um investimento baseado em empréstimo, os Sócios de Responsabilidade Limitada não têm nada que precisa ser vendido. Investimentos baseados em capital próprio precisam se preocupar com tendências de mercado e com como certos segmentos da economia podem impactar o “preço justo de mercado” da sua participação de propriedade.

Não podemos garantir que os fundos dos investidores estarão 100% seguros, mas podemos dizer que acreditamos que a estrutura de investimento do CMB tem um perfil de baixo risco e que há uma probabilidade muito alta de alcançar o Green Card do investidor, preservando a contribuição de capital original e obtendo algum nível de rendimento para o investidor. Veja também a pergunta número 3 (Quais são os meus riscos?)

  1. Qual é a probabilidade de o investidor ter lucros neste investimento?

As despesas do dia-a-dia dos nossos investimentos são limitadas de tal modo que as taxas de juros cobradas para os investimentos alvo são pelo menos de um ponto percentual mais altas que o limite das despesas do dia-a-dia e, portanto, a taxa de retorno projetada é de 1% para a Sociedade. Veja também a pergunta número 5 (Até que ponto o meu investimento EB-5 é seguro?)

  1. E se o investimento for perdido? O investidor também perderá o seu visto?

Esta é uma de muitas questões que devem ser perguntadas a todos centros regionais que qualquer potencial investidor estiver considerando. Cada centro regional deve ser capaz de responder a esta questão porque isso é algo que eles já deveriam ter considerado. O que é um “pior cenário possível” e o que acontecerá ao investimento e às esperanças de buscar imigração dos Sócios de Responsabilidade Limitada se um “pior cenário possível” se tornar realidade?

Há duas preocupações em discussão aqui: investimento e imigração. A maioria, se não todos, investimentos de centros regionais são estruturados de modo diferente dos investimentos do CMB. Para responder às perguntas, vamos observar absolutamente o pior caso possível, no qual o investimento não existe mais e nem o centro regional.

Base de capital não do CMB (recuperação do capital do investimento EB-5): Se o investimento alvo não existe mais e o centro regional não existe mais antes da avaliação da petição I-829, é altamente improvável que exista alguma chance de o investidor conseguir recuperar qualquer parte das verbas que ele investiu. Se o investimento alvo interrompe as suas operações, provavelmente não haverá nenhuma fonte de renda da qual se pode esperar por um reembolso. O investimento alvo pode ter alguns ativos fixos dos quais se poderia esperar um reembolso, mas será preciso determinar qual a situação dos investidores EB-5 na fila entre todos os outros credores quando ou se houver quaisquer verbas que puderem ser divididas.

Base de capital não do CMB (probabilidade de visto de imigração): Metodologias de criação de empregos são de importância vital. Os vários investimentos de Centros Regionais existentes reivindicam tanto empregos diretos quanto indiretos. Se empregos diretos forem reivindicados e isso não funcionar antes de uma avaliação I-829, todos os empregos provavelmente são perdidos no pior cenário possível. Se o investimento alvo e o centro regional não existem mais, como o investidor encontraria provas de empregos e comprovação de que eles são diretos ou indiretos? Os empregos diretos seriam perdidos, assim como empregos indiretos projetados com base na criação de empregos diretos. Neste péssimo cenário, o investidor pode perder todo o seu dinheiro e sua esperança da eventual obtenção de um Green Card permanente.

Capital baseado em empréstimo do CMB (recuperação do capital do investimento): Os investimentos em infraestrutura do CMB são feitos com entidades governamentais, incorporadoras de alto padrão, sociedades público/privadas e entidades privadas, sendo que em todos os casos o CMB delineou penhores de várias fontes para reembolso do empréstimo mesmo no caso de inadimplência. No cenário apresentado, o CMB não existe mais e o investimento alvo também não existe mais. Primeiro vamos considerar a entidade governamental. Não podemos saber como a entidade governamental deixaria de existir, mas se isso acontecesse, então outra entidade a substituiria para atender a região. O condado ou o estado precisaria assumir a responsabilidade porque proprietários de residências e empresas continuariam precisando pagar impostos pelas suas propriedades. Esses fluxos de receita não seriam interrompidos. Além disso, os ativos da entidade governamental continuariam existindo, incluindo qualquer propriedade arrendada que forneça uma fonte de renda. Os contratos de empréstimo celebrados com as nossas mutuárias identificam inúmeras fontes de reembolso além dos ativos fixados para que os nossos investidores tenham várias opções das quais esperar por um reembolso. Unidades de governo local não são capazes de liquidar uma dívida. Em caso de falência, entretanto, elas podem reestruturar a dívida. Isso também permitirá o reembolso, mas pode levar mais tempo que o esperado. Indivíduos e empresas podem liquidar dívidas em caso de falência, mas cidades, condados e empreendimentos em conjunto de autoridades públicas não podem.

No caso de entidades privadas, o CMB integra nos seus documentos diversos tipos de proteção. A primeira é a exigência de que muitos dos nossos projetos de construção tenham uma garantia de conclusão; a garantia de conclusão ou obrigação de conclusão permitirá que o projeto seja construído e o dinheiro seja gasto. Também temos penhores de garantia real, garantias corporativas, contratos entre credores e outros penhores. No final, vamos sempre ter propriedade de alguma coisa, embora sempre vai variar de projeto para projeto.

Para que as coisas sejam justas, mesmo que os investimentos do CMB sejam estruturados de modo diferente de investimentos de outros Centros Regionais, digamos que todo o dinheiro fosse perdido. Agora vamos observar o benefício de imigração (Green Card). No caso de uma incorporadora, os investimentos do CMB financiam benfeitorias de infraestrutura, incluindo benfeitorias para estradas públicas e rodovias. Na Califórnia, fundos públicos podem ser penhorados para benfeitorias por uma entidade privada em um Distrito de Edificações Comunitárias. Nos nossos três primeiros investimentos com McClellan Park há um penhor de títulos da lei Mello-Roos como fonte de reembolso. Este penhor de reembolso é proveniente do condado que seria o condado de Sacramento.

Portanto, é possível haver uma inadimplência no investimento estruturado do CMB, mas é altamente improvável que uma perda do capital ocorresse.

CMB (probabilidade de visto de imigração): Os investimentos do CMB se baseiam apenas em empregos indiretos, sendo que os empregos indiretos são comprovados através de metodologias razoáveis, diferente do que ocorre com empregos diretos, que exigem formulários governamentais W-2, I-9 e documentos de cidadania para cada investidor. Além disso, os investimentos do CMB são capazes de demonstrar no momento da avaliação de uma petição I-526 de um investidor que os empregos indiretos foram criados assim que as verbas foram gastas. Dessa forma, se o investimento alvo não existir mais e o CMB também não existir mais, o investidor e o seu advogado têm um relatório detalhando como e quando os empregos indiretos foram criados. As garantias de conclusão corporativas garantirão que as verbas sejam gastas. Além disso, o governo, não importa qual governo, teria registros públicos indicando quando as verbas foram gastas e em que elas foram gastas. Os empregos indiretos necessários para os investidores do CMB podem ser comprovados mesmo no “pior cenário possível”.

A conclusão de tudo isso é que mesmo no pior cenário possível, no caso de perda total do investimento, se o dinheiro for gasto, o projeto será concluído e mesmo que vá à falência o investidor terá direito ao Green Card permanente porque os empregos são criados assim que o dinheiro é gasto.

  1. Algum país é excluído da elegibilidade para o programa de Visto EB-5?

Residentes de apenas poucos países são excluídos (por exemplo, Coreia do Norte e outros). Na maioria dos casos, no entanto, se o requerente tem condições de deixar o país excluído e tem o capital necessário para se qualificar às condições do programa, o seu advogado poderá ajudar o requerente a se qualificar para aprovação do visto. Consulte o seu advogado de imigração para determinar se o seu país natal está excluído do seu programa de visto.

  1. O que pode desqualificar um potencial investidor EB-5 do programa?

Há muito poucos eventos que podem desqualificar ou excluir o requerente conforme as leis. Antecedentes criminais envolvendo uma torpeza moral são suficientes para desqualificação, a menos que possa ser provado que o crime foi de natureza política ou ocorreu há mais de 20 anos antes do requerimento. Alguns problemas médicos graves também podem excluir um requerente, mas para a maior parte isso pode ser evitado se puder ser comprovado que o requerente será apoiado por outros e, portanto, evitará ser beneficiário de assistência médica governamental. Os requerentes devem buscar aconselhamento com o seu advogado de imigração para determinar quais renúncias podem estar disponíveis para elegibilidade.

  1. Posso apresentar um requerimento se estou em situação irregular (por exemplo, se moro nos Estados Unidos, mas não tenho um visto válido)?

Estrangeiros em situação irregular não têm mais permissão de requerer residência permanente de dentro dos Estados Unidos. “Situação irregular” significa que o indivíduo permaneceu nos Estados Unidos por mais tempo do que o seu período de estadia autorizado. O seu visto deve ser válido no momento da entrada nos Estados Unidos, mas o Formulário I-94 deve ser estendido se os indivíduos precisam permanecer por mais tempo do que o período permitido pelo I-94. No entanto, se eles protocolaram quaisquer petições ou requerimentos que levem a Green Cards, como petições de imigração (através de emprego ou família) ou certificados de trabalho durante o período de benefício 245(i) até 17 de janeiro de 1998 ou 30 de abril de 2001, eles podem protocolar os seus requerimentos para ajustar a sua situação nos Estados Unidos pagando uma multa de US$1.000, que se aplica a requerentes com mais de 17 anos.

Caso os estrangeiros com visto desatualizado não se enquadrem em casos de 245(i), eles devem retornar para o seu país de origem e apresentar um requerimento através da Embaixada dos Estados Unidos do seu respectivo país. No entanto, dependendo do período de situação irregular, eles podem ser banidos de obter um visto para os Estados Unidos ou de entrar nos Estados Unidos por um certo período de tempo após a data de partida. Os requerentes devem buscar aconselhamento com o seu advogado de imigração.

  1. Quais informações e documentações são necessárias para um investimento EB-5?

Um potencial requerente de visto EB-5 deve preparar informações biográficas completas para requerente principal e cada membro familiar elegível. O requerente principal deve provar a fonte dos fundos de investimento. Deve-se incluir um currículo com cópias de diplomas de estudo e outros certificados educacionais, se aplicável. Licenças comerciais, brochuras sobre o negócio e outras informações sobre o negócio do requerente também são benéficas. A associação em qualquer organização profissional também deve ser documentada. A menos que o investidor tenha herdado os fundos, o investidor deve se apresentar como um profissional ou empresário de sucesso, com um negócio, histórico familiar ou financeiro que expliquem o acúmulo do valor líquido que é apresentado nas informações financeiras. Forneça o máximo de documentação possível relacionada à carreira e conquistas do investidor principal. Fonte dos fundos: Os fundos para o investimento devem ser provenientes de uma fonte legal. Fontes legais de fundos incluem: lucros de vendas de uma propriedade, ações ou apólices, lucros de negócios, transações comerciais, presentes e heranças. Para provar a fonte dos fundos de investimento, o USCIS tipicamente exige declarações de renda dos últimos cinco anos, registros bancários de cinco anos, prova de propriedade em qualquer empresa, declarações financeiras para cada empresa e licenças das empresas. A ideia é apresentar um histórico de negócios honestos. Se o capital de investimento EB-5 do requerente principal veio de uma transação específica, como a venda de uma casa, herança ou doação, você deve provar que a transação realmente ocorreu fornecendo um documento oficial, como uma declaração ou contrato da transação ou outros documentos oficiais. Esta não é uma lista abrangente. Outros documentos podem ser necessários e podem variar de caso para caso.

  1. Quais precauções são tomadas pelo centro regional para monitorar a criação de empregos?

Cada centro regional é diferente; no entanto, esta é uma pergunta muito importante a se fazer. Os investimentos do CMB envolvem apenas criação de empregos indiretos e em cada investimento que foi avaliado pelo USCIS (mais de 1600 vezes) temos comprovação de que os empregos indiretos são criados no momento em que as verbas são gastas. Cada projeto individual em um investimento tem um cronograma para a sua conclusão. Os cronogramas incluem o período para criação de empregos exigido pelo USCIS. Alguns dos nossos projetos possuem contratos de controle de fundos, que regem como os fundos são controlados e liberados mediante a solicitação de pagamento de certas contas. Além disso, fazemos viagens periódicas para o local de cada investimento e recebemos relatórios regulares de cada mutuária, relatórios que são publicados na seção do investidor do nosso site. O CMB inclui por padrão no contrato de empréstimo as consequências de um eventual fracasso em apresentar documentos de despesas.

  1. Quais medidas são adotadas se a criação de empregos exigida não for concretizada?

Se um centro regional não puder provar os empregos exigidos, são iniciados procedimentos de expulsão dos investidores EB-5. De acordo com o modelo econômico IMPLAN utilizado pelo CMB, os investimentos do CMB precisam apenas demonstrar que as verbas são gastas e, portanto, que os empregos indiretos são criados. O CMB reúne todos os registros de despesas em um projeto e encomenda um novo relatório de empregos com base nos gastos reais. Este relatório é uma evidência empírica de que os empregos foram criados. Como explicado na questão 4, monitoramos todos os projetos para obter documentação de projetos concluídos.

  1. O investimento no centro regional inclui criação de empregos diretos, criação de empregos indiretos ou ambas?

Em outras seções do site, discutimos os riscos de utilizar empregos diretos. Os investidores estão assumindo grandes riscos ao utilizar empregos diretos porque isso pode se dar de diversas formas. Investimentos do CMB criam empregos diretos e indiretos; no entanto, reivindicamos apenas os empregos indiretos que resultam do grande investimento de capital combinado usando a ferramenta de medição econômica IMPLAN aprovado pelo USCIS. Este é um recurso essencial de todo investimento do CMB. No entanto, nós nos reservamos o direito em muitos dos nossos planos de negócios de reivindicar qualquer emprego direto em qualquer fase operacional e também empregos criados pela renda para garantir que tenhamos inúmeros empregos extra como proteção para os nossos investidores.

  1. O que acontece se a minha petição I-526 é deferida pelo USCIS e mais tarde é indeferida na entrevista no consulado?

Incluímos em cada Contrato de Sociedade uma solução para esta questão. O CMB tem uma cláusula que se chama investidor substituto. O que temos permissão de fazer caso aconteça um indeferimento é substituir a pessoa com a próxima pessoa que gostaria de entrar para a sociedade. Este método é aceitável pelo USCIS e possuímos disposições no nosso Contrato de Sociedade que aborda exatamente esta situação. O importante para se lembrar aqui é que qualquer indeferimento a esta altura seria um indeferimento do indivíduo e não do investimento. O investimento já terá sido analisado e deferido no estágio da petição I-526. Encontrar um investidor substituto em um projeto já aprovado deve ser muito simples. No entanto, se o requerente atrasar no preenchimento da petição I-526 e prolongar o processo de entrevista por tempo demais, pode se tornar impossível encontrar um investidor substituto.

  1. Quem são os advogados que regularmente representam os Centros Regionais CMB?

O CMB tem quatro advogados na sua equipe interna e utiliza também consultores externos que ajudam a criar os documentos da sociedade. Este grupo de consultores são advogados da área comercial e não advogados de imigração. O CMB exige que cada investidor contrate o seu próprio advogado de imigração. Desta forma, o investidor pode ter certeza que o seu advogado está cuidando dos seus interesses. Um advogado de imigração que representasse o cliente e também o centro regional teria um conflito de interesses. OBSERVAÇÃO: Se um centro regional oferece os serviços do seu advogado para protocolar uma petição de imigração junto ao USCIS para um investidor estrangeiro naquele centro regional em particular, isso é um enorme conflito e pode terminar mal para o investidor. Esta prática estava no centro do fechamento do programa de EB-5 no fim da década de 1990. A questão é: qual cliente o advogado representa — o investidor EB-5 ou o centro regional?

  1. Os Centros Regionais CMB entram diretamente em contato com o estrangeiro ou o advogado intermediário pode manter todo o contato com o investidor?

Os investidores estrangeiros podem entrar diretamente em contato com o CMB e nós forneceremos todas as informações que pudermos. No entanto, o CMB insiste que cada investidor mantenha o seu próprio advogado de imigração. Trabalhamos lado a lado com o seu advogado de imigração. Mas uma vez que o investidor escolher o CMB e se tornar um Sócio de Responsabilidade Limitada, o CMB incentiva o contato e entrará em contato com o investidor. O CMB já trabalhou com advogados de todas as regiões do planeta.

  1. Qual foi a taxa de rendimento dos investidores historicamente?

Na opinião do CMB este não é realmente um programa de investimento, e sim um programa de criação de empregos. A questão principal de cada “investidor” EB-5 não deve ser quanto o meu dinheiro vai render, e sim se haverá empregos suficientes para me qualificar para o meu visto permanente. No CMB a taxa de rendimento médio é de 1% ao ano para a sociedade. Os investimentos EB-5 do CMB se concentram em ajudar o investidor a obter o Green Card e a preservar o investimento de capital original para fornecer uma recuperação do capital mediante a conclusão dos investimentos EB-5. Também garantimos um pequeno rendimento para o investidor, mas os dois primeiros objetivos são o nosso foco principal.

  1. E se eu quiser administrar o meu próprio negócio?

Se você quer administrar o seu próprio negócio, leve em consideração o Visto L-1 (Transferências de Não Imigrantes Dentro da Empresa), Visto E-2 (Investidor Não Imigrante por Tratado) ou EB-5 (Investimento de Empreendedor Estrangeiro) através do investimento de US$1.000.000 para o seu próprio negócio, que você controla e no qual você é responsável por criar os dez empregos diretos necessários dentro de um novo empreendimento. Se o seu objetivo é ter um Green Card, e não administrar ativamente um negócio, frequentemente é mais barato e/ou mais conveniente e possivelmente muito menos arriscado utilizar um programa de investimento estruturado na categoria de Centro Regional EB-5 do que iniciar e manter o seu próprio negócio. Além disso, o EB-5 se torna permanente, enquanto o mesmo não ocorre com o L-1, o E2 e outros, e filhos podem precisar deixar o país ao fazer 21 anos.

  1. Onde posso encontrar uma cópia das leis e regulamentações relevantes de EB-5 para analisá-las?

Visite o site do USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos). Um link para informações de visto de investimentos de imigrantes está disponível neste endereço www.uscis.gov. Você verá um link para “Leis” perto da parte superior central da página inicial do USCIS.